Projeto Slatel

Designação do Projeto: Vale Economia Circular

Código do projeto: POCI-02-0853-FEDER-046141

Objetivo principal: O projeto visa alinhar o modelo de gestão e de crescimento para uma economia circular, identificando e desenvolvendo uma estratégia conducente a um modelo de negócio inovador com base em novos princípios de utilização e gestão de recursos.

Região de intervenção: Norte

Entidade beneficiária: SLATEL – COMPONENTES PARA A INDÚSTRIA DE CALÇADO LDA.

Data de aprovação: 2018-11-14

Data de início: 2019-10-18

Data conclusão (inicial): 2020-10-17

Prorrogado para: 2021-01-14

Custo total elegível: 10.000,00 Euros

Apoio financeiro da União Europeia: FEDER – 7.500,00 Euros

A Slatel é uma empresa de componentes para indústria de calçado, com forte implantação neste sector. Tendo inicial a atividade com telas e a respetiva transformação em testeiras e contrafortes. Atualmente dispõe de uma gama de tipos de telas onde o algodão predomina para maior conforto, melhores características técnicas, maior saúde dos pés dos utilizadores finais, bem como menor impacto ambiental que os equivalentes em termoplástico.

O sector de transformação, incluí produção de jersey’s, forros e entretelas e respetivo corte ao metro para os mais diversos fins. A Slatel apresenta o serviço de corte por medida de fitas de reforço auto-adesivas de vários tipos e cores. Adicionalmente a Slatel disponibiliza ainda uma variedade de outros produtos para comercialização.

Recentemente a Slatel instalou um novo sector de realização de serviços de colagens de materiais para diversos fins, nomeadamente para o sector de calçado, têxtil, entre outos. O sistema de colagem implementado distingue-se pela maior segurança para os trabalhadores, qualidade do produto final e menor impacto ambiental (diminuição de desperdícios de materiais e utilização de colas de menor perigosidade).

O desenvolvimento do negócio reflete cada vez mais uma evolução e tendência de procura por parte dos clientes e consumidores, de produtos que se apresentem como ambientalmente sustentáveis, quer pelos materiais que incorporam, quer pelos processos utilizados e práticas globais das empresas

A Slatel pretende evoluir para segmentos onde se movem clientes/mercados tendencialmente mais exigentes, que se preocupam com detalhes que diferenciam o produto final e, como tal, selecionar os materiais em gamas de maior valor acrescentado, entre os materiais disponibilizados pela Slatel. A Slatel está familiarizada com clientes que valorizam a qualidade, porém continuar a evoluir para segmentos de valor acrescentado superior implica a adoção de uma atitude proativa, não só a nível da qualidade e gama de produtos apresentados, que já é apanágio da empresa, mas também na adoção de práticas responsáveis que exceda e/ou antecipe as exigências dos clientes, indo para além das suas expectativas.

A Slatel pretende que a sua preocupação com o impacto ambiental seja vista como um fator de distinção. Daí a necessidade de estabelecer um conjunto de medidas coerentes e concertadas, que se tornem sistemáticas, de tal forma que possam ser comunicadas ao mercado.

Importa por isso definir uma estratégia de atuação que permita integrar no negócio atual da Slatel a eficiência em termos de utilização e gestão de recursos e que contribua para promover uma atividade assente nos princípios da circularidade.